evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

terça-feira, dezembro 11, 2007

A VONTADE DE ESCREVER VEM DA ALMA. A TÉCNICA DE ESCREVER VEM DA AULA.

E a cada dia que passa eu me sinto mais empolgada para fazer registros do meu trabalho. Vejam o que aconteceu hoje:

Tenho que preencher 35 fichas de avaliação por semestre. Um relatório detalhado contendo 5 páginas sobre o desenvolvimento do aluno no período. Há 5 anos neste esquema capricho pencas, faço das tripas coração pra ser algo bacana pra família ler e entender, além de tornar o papel um acompanhamento da vida da criança durante toda a educação infantil sem cair na mera burocracia da educação pública.

Acontece que neste semestre fui relapsa. Ocorreram 2 festas de encerramento com mega produções semana passada... Fui visitar o Sting no RJ... os dias passaram e o prazo acabou.

E eis que quando volto hoje, fico sabendo que teria reunião de pais às 7:00. Me desesperei. Não haveria tempo nem pra sequer disfarçar.

Na maior cara de pau entreguei as fichas EM BRANCO para que as famílias assinassem. E qual não foi minha surpresa quando encerro a reunião e NIGUÉM tinha percebido que o bagulho tava vazio.

Não sei o que pensar. Agora entendo porque tantas pessoas caem em golpes passando dados e assinando o que lhes cai na mão. Ou pior, as famílias tão pouco se fodendo mesmo pros filhos. Ou pior ainda, a escola e a família realmente não falam a mesma língua.

Volto a dizer: ou preciso de férias ou preciso de outra profissão

Quiçá ligar o foda-se e virar a legítima funcionária pública.

6 Comments:

  • At 11:07 PM, Blogger Craudio said…

    Tá zuando???

    Não é possível. Mas talvez isso seja só o resultado dos cala-boca que o povo sofre desde tempos...

    De qualquer maneira, não desista! Se você salvar um, já é um grande passo.

    Eu tenho orguio da minha prô favorita.

     
  • At 4:10 AM, Blogger nessa said…

    Que absurdo... não sei se eu dou aquela risadinha desesperada ou se caio no choro de cara.
    Eu não consigo acreditar que os pais sejam tão relapsos no que diz respeito aos próprios filhos. Sério.

    Mas, puxa, não desanima. Você sabe que ce é fonte de inspiração pra mim? Imagina pros seus alunos, então!
    Fodam-se os pais deles! Você está dando aos pequenos a chance de fazer diferente lá na frente; não joga isso pro alto!
    =***

     
  • At 9:43 AM, Blogger tatanca said…

    só uma coisa a dizer: argh

     
  • At 12:22 PM, Blogger dedé said…

    faço minhas as palavras da outra custódio.

    foda, heads. vamo tomar umas pra esquecer.

     
  • At 11:35 AM, Anonymous filipe said…

    Caríssima, minha irmã querida é professora do estado em Jangada, Mato Grosso.

    Já ouviu falar?

    Se aqui é assim, imagina lá...

    Admiro muito vocês duas, que dão o sangue por esse povo que nem sabe prá que veio...
    Pelo menos no céu já tem lugar pra vocês...

     
  • At 1:31 PM, Anonymous Klein - http://lixomania.zip.net said…

    O que eu acho pior é a sensação de que um trabalho que a gente acredita é desprezado pelas pessoas... eu fico MUITO chateado quando esse tipo de coisa acontece comigo...

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home