evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

sexta-feira, agosto 07, 2009

O CIGARRO DISSE AO FUMANTE: HOJE VOCÊ ME ACENDE, AMANHÃ EU TE APAGO

Ontem saímos pro nosso 'encontro mosca' mensal. Não há palavras pra definir a alegria que essas mulheres deixam no meu coração. Começamos 1 da tarde e acabamos 8 da noite e só pq eu precisava pegar carona (sim, não tinha forças pra guiar).

No metrô me dei conta que foi a última vez que fumamos juntas num bar. Já foi estranho escolher mesa embaixo do toldo, com os caras colando adesivos antifumo nas nossas costas. Mas e agora... o que será dos encontros sem os cigarrinhos?

Não me considero fumante. Só sou socialmente. Só fumo em compainha de pessoas especiais. E mais do que isso, sou fã do efeito visual do cigarro.

Acho q já contei por aqui. O começo de tudo foi ver uma imagem extra-sedutora da minha mãe fumando na sua juventude. Depois, um professor (daqueles que vc vai venerar pro resto da vida) fazendo apologias à fumaça e aos gestos manuais de quando se fuma, além do prazer oral.

Todo grande filme tem um grande personagem fumando.

Então, neste momento de despedida farei uma ode ao cigarro, citando autores e seus vícios:

"As razões para o poder do cigarro não são só bioquímicas: são literárias e poéticas. O cigarro é um sacramento: é um objeto material que se transforma num objeto espiritual quando o fumante o liga a uma palavra poética." Rubem Alves

“Eu estava proibido de fumar por causa da pneumonia mas fumava no banheiro como que escondido de mim mesmo. O médico percebeu e falou sério comigo, mas não consegui obedecê-lo. Já em Sucre, enquanto tratava de ler sem pausa os livros recebidos acendia um cigarro com a brasa do outro até não poder mais e quanto mais tentava abandonar o cigarro mais fumava. Cheguei a quatro maços diários, interrompia as refeições para fumar e queimava os lençóis quando dormia com o cigarro aceso. O medo da morte me despertava a qualquer hora da noite, e só fumando mais conseguia superá-lo, até eu decidi que preferia morrer a parar de fumar. Mais de vinte anos depois, casado e com filhos, eu continuava fumando.
...Numa noite qualquer, durante um jantar casual em Barcelona, um amigo psiquiatra explicava a outras pessoas que o tabaco talvez fosse o vício mais difícil de erradicar. E eu me atrevi a perguntar qual seria no fundo, a razão, e sua resposta foi de uma simplicidade assustadora: “Porque para você deixar de fumar seria como matar um ente querido.” Foi uma deflagração de clarividência." Gabriel García Marquez


"Fumar é uma maneira disfarçada de suspirar." Mário Quintana

"Escarrar de um abismo noutro abismo,
Mandando ao Céu o fumo de um cigarro,
Há mais filosofia neste escarro
Do que em toda a moral do cristianismo!"
Augusto dos Anjos


"Nos gestos da mão
baila a brasa do cigarro:
pisca o pirilampo."
Anibal Beça

Marcadores:

4 Comments:

  • At 3:51 PM, Blogger Claudio Yida Jr said…

    Hoje é o cigarro, amanhã nossa cerveja. E todo mundo vai achando bonito e joiado...

    E o nosso direito de se matar lentamente?

     
  • At 1:43 PM, Blogger Taís said…

    cerveja não!
    meu... fui feliz anteontem
    :)

     
  • At 10:54 PM, Blogger Taís said…

    lembrei:
    ele ia andando pela rua meio apressado
    ele sabia que estava sendo vigiado
    cheguei pra ele e e disse:
    ei amigo, cê pode me ceder um cigarro
    ele disse: eu dou, mas vá fumar lá do outro lado
    dois homens fumando juntos pode ser muito arriscado

    toca raul! kkkkkk
    (metrô linha 743)

     
  • At 5:14 PM, Blogger Priscila M.R. said…

    Gente... ESSE FOI O SEU MELHOR POST!
    menina, vc escreveu TUDO AQUILO que eu acho do cigarro. Hehe... sabe, eu tb sou "fumant não praticante", parece que assim a gente sofre mais preconceito. hehehe...

    Enfim, bjos pra vc e adorei as frases que vc selecionouu

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home