evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

segunda-feira, março 03, 2008

MÃE, TIRE O DISTINTIVO DE MIM


Terminou o tempo do meu irmão no quartel. Hora de trilhar novas estradas.

Não acompanhei muito de perto estes últimos 8 anos dele, mas pelo que vejo no tratamento com amigos e 'subordinados', ele era um dos caras fodidos, daqueles que dão orgulho de 100% na irmã mais velha.

Na carta de despedida tem um trecho, que vou transcrever aqui sem permissão, mas que farei na certeza de homenagear o grande homem que ele se tornou, o cara que conseguiu levar respeito e cordialidade em meio a tanta truculência.

"Lembro-me como se fosse hoje, ao incorporar o CPOR, uma conversa que meu comandante teve conosco. Era um dia chuvoso, ele colocou o pelotão sentado em forma no passadiço, porém não havia espaço para que ele se abrigasse também. Ele ficou tomando chuva e palestrando para nós a respeito do que iríamos encontrar pela frente. Eu, que era o único não-voluntário do pelotão olhava aquela cena e pensava: "por que esse cara não colocou a gente na chuva e ficou no coberto?". Mais tarde fui entender e tive certeza da escolha que faria".


Marcadores: ,

2 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home