evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

quinta-feira, agosto 03, 2006

UM DIA ALGUÉM DEDUZ... FELICIDADE ... TEM A VELOCIDADE DA LUZ

Todo dia se aprende alguma coisa...

Hai-kai


Poema originário do Japão, o hai-kai, consta originalmente de 17 sílabas em três versos.
Quem primeiro introduziu o hai-kai no Brasil foi Guilherme de Almeida, que definia essa forma como "uma anotação poética e sincera de um momento de elite".
Transpondo-o para o português, em 1936 e, posteriormente, em 1947 em Poesia Varia, acrescentou-lhe a rima.

será que o doutor
cobra pela cura
ou cobra pela dor?

mosca na sopa
xilique no boteco
cliente louca

em devaneios
envolto em ti
suplico por teus seios

teu corpo é flor
que por amor se deixa
tocar sem pudor

simples reflexo
a vida sem ti
não tem sabor nem nexo

ao te escrever
desnudo minha alma
para você ler

3 Comments:

  • At 10:27 PM, Blogger Craudio said…

    Goxtei da parte do seio... e do desnudo...

    E da rima que se faz com o nexo...

     
  • At 6:55 AM, Blogger Mimi said…

    Minha Mamis tem um grupo de hai kai sabia? Mandarei estes que vc postou aqui pra ela ler...

    saudades muié!!!!!!!!!!

    Beijos_!!!

     
  • At 10:14 PM, Blogger Spam_Master said…

    No geral, gostei da tua boléia poética. Adicionei teu link ao meu reboque - sem trocadilhos maliciosos. Bjs

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home