evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

sábado, outubro 21, 2006

NO AMOR BASTA UMA NOITE PARA FAZER DE UM HOMEM UM DEUS


Depois de muito meditar sobre o assunto concluí que os casamentos (relacionamentos) são de dois tipos: há o casamento do tipo tênis e há casamentos do tipo frescobol. Os casamentos do tipo tênis são uma fonte de raiva e ressentimentos, e terminam sempre mal. Os casamentos do tipo frescobol são uma fonte de alegria e têm a chance de ter vida longa.

Explico-me. Para começar, uma afirmação de Nietzsche, com o qual concordo inteiramente. Dizia ele: "Ao pensar sobre a possibilidade do casamento cada um deveria se fazer a seguinte pergunta: Você crê que seria capaz de conversar com prazer com esta pessoa até a velhice?". Tudo o mais no casamento é transitório, mas as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar.

Sherazade sabia disso. Sabia que os casamentos baseados nos prazeres da cama são sempre decapitados pela manhã, e terminam em separação, pois os prazeres se esgotam rapidamente, terminam na morte, como no filme "O Império dos sentidos". Por isso, quando o sexo já estava morto na cama, e o amor não mais se podia dizer pela magia da palavra começava uma longa conversa que durava mil e uma noites. O sultão se calava e escutava suas palavras - é a sexualidade sob a forma de eternidade: é o amor que ressuscita sempre, depois de morrer.

Há os carinhos que se fazem com o corpo e há os carinhos que se fazem com palavras. E contrariamente ao que pensam os amantes inexperientes, fazer carinho com as palavras não é ficar repetindo o tempo todo "eu te amo"... Barthes advertia: "Passada a primeira confissão, 'eu te amo' não quer dizer mais nada". "É na conversa que nosso verdadeiro corpo se mostra, não em sua nudez anatômica, mas em sua nudez poética".

(Rubem Alves)

Para todos os 'casamentos' que têm acontecido à minha volta e para ele... que me fala mais coisas que o homem da cobra... ops, ele é meu homem da cobra! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

2 Comments:

  • At 11:07 AM, Blogger Craudio said…

    Já ouviu aquela do português?

     
  • At 3:55 PM, Blogger Mimi said…

    Ai amiga, amei este post que li hoje, justo hoje, quando precisava ler algo assim...

    te amo! Saudades... beijos...

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home