evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

sexta-feira, agosto 20, 2010

A CONFIANÇA É COMO A FÉ

Como faz então uma pessoa como eu que nasceu com o chip da DESconfiança instalada no sistema?
Tenho por princípio pensar que ninguém presta, ninguém é do bem e mesmo quem te parece bom é questão de tempo pra te mostrar ao lado naja e te dar o bote. Não confio em amigo de amigo, não confio em pessoas do trabalho.

O meio de me defender então é esperar sempre o pior da humanidade e quem sabe um dia possa ser surpreendida. Até hoje dá pra contar nos dedos de uma mão as vezes que isso aconteceu.

Pra ter confiança em alguém penso ser necessário estar em um grupo, em ter por perto pessoas que concordem com suas ideias ainda que como massa de manobra, boi na boiada; que digam amém e te puxem o saco. Daí sim funciona.

Vejamos a questão dos grupos pra provar minha teoria:

1. Religião - Tu és como deus princípio e fim

As variadas 'igrejas' se auto-protegem e atacam as que pensam diferente. Tudo em nome de algum deus que ninguém nunca viu, mas todos confiam plenamente.

Andrew Newberg analisou o cérebro de pessoas em períodos de reza profunda e sugere que as crenças e atos religiosos seriam benéficos para o organismo; a fé seria responsável por formar grupos, minorar o isolamento e disseminar hábitos positivos.

2. Política e economia - Fé demais não cheira bem

Ano de importante eleição. O que há nisso além confiar em um grupo político? Porque até podemos votar pensando no caráter individual de um candidato, mas ele está representando um determinado grupo e esse grupo não é nada mais do que um elo da tal "aliança pela governabilidade" e aí vale qualquer troço sujo e não confiável. Obama disse em seu discurso "queria agradecer a confiança depositada em mim".

Há até o Índice de Confiança do Consumidor da FGV pra detectar a crença das pessoas na economia. E no mercado ou você segue o grupo que já está estabelecido ou arrisca tentar o que não foi feito e aposta no imprevisível. E aí entra a fé, como diz Marcos Fernandes.

3. Trabalho - Eles falam outra língua pela nossa voz

Impressionante os mini-grupos que existem nos ambientes de trabalho e eles mudam incansavelmente de acordo com a necessidade de criar 'acordos'. Especificamente no MEU trabalho tudo fica pior, porque um lugar rico em presença feminina pode destruir pessoas quando determinado grupo se forma; e isso pode funcionar a seu favor ou você pode ser perseguida até virar pó.

4. Esporte - Quando tudo fala igual palavra-palha

Esse caso é clássico. Torcida organizada, blogs... um monte de gente boa, mas novamente atuando em prol do grupo. Tudo pelo time, ou tudo pelo grupo que te rodeia? Você diz aquilo que acredita ou aquilo que te pedem pra dizer pra permanecer protegido entre seus pares?

5. Amigos e família- A nossa casa até parece um ninho

Esses grupos funcionam pelo bem da evolução também. É preciso defender o sangue para que seus genes e suas convicções permaneçam vivos quando você se for. Necessário acreditar que pelo menos essas pessoas estejam perto sem qualquer intenção de troca. Sem cobranças, apenas para que você ainda tenha fé em que viver vale a pena e não puxe o gatilho na própria cabeça.

6. Amor - Nunca existiu o paraíso, nunca é o dia do juízo

Barros Filhos diz que o amor também é uma ilusão compartilhada. Se uma pessoa te dá alegria você tende a se aproximar dela. E a esperança de que a pessoa que te alegra hoje também pode te alegrar amanhã faz você seguir os dias junto com alguém.

Logo, quando você para de sentir alegria não adianta mais ter fé que tudo vai ficar bem.

7. Eu - Quem fala a verdade não jura, estou comigo e não abro

Talvez eu esteja num momento sem grupo em nenhuma instância. Tô novamente no bloco do "eu-sozinho". A única coisa que me resta é não confiar na minha capacidade de não confiar em mais ninguém.


"Sempre é pouco quando não é demais!"

*texto inspirado na leitura da revista Galileu abril/2009 que peguei na escola pra ler sobre a eficiência científica no tratamento de Parkinson

Marcadores: ,

1 Comments:

  • At 11:07 PM, Blogger Taís said…

    adorei o fagner no tópico um. e "minha alma de sonharte anda perdida..."
    li orgasmo no lugar de organismo mas quando a gente chega no pareceassimcomoque, é isso que acontece.
    respondo email.beijo

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home