evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

sexta-feira, maio 04, 2007

PARA NÓIA COM AMOR E COM MEDO


CENA 1- a mãe da pessoa perdeu o chaveiro com todas as chaves da casa, poderia ter sido perdido na calçada e alguém ter encontrado; dado o fato a pessoa passou a noite em claro sempre alerta para qualquer barulho, afinal seu único porto seguro estaria supostamente ameaçado. Deu pra ouvir no meio da madrugada: que os cachorros da vizinhança latem sem necessidade, que tem muito trânsito pra uma rua sem saída, que os vizinhos fazem muito barulho a qualquer hora do dia ou da noite.

CENA 2- o namorado da pessa saiu e demorou pra dar notícias, como a pessoa tava falando com a nóia logo imaginou merda no trânsito.

CENA 3- a pessoa viu o dia clarear e dormiu às 5:00 da manhã apesar de ter tomado um calmante inteiro

CENA 4- a pessoa acordou às 5:30 e ficou zuada o dia inteiro

Paranóia

Raul Seixas (adaptado)

Quando esqueço a hora de dormir
E de repente chega o amanhecer
Sinto a culpa que eu não sei de que
Pergunto o que que eu fiz?
Meu coração não diz e eu...
Eu sinto medo!
Eu sinto medo!

Se eu vejo um papel qualquer no chão
Tremo, corro e apanho pra esconder
Medo de ter sido uma anotação que eu fiz
Que não se possa ler
E eu gosto de escrever, mas...
Mas eu sinto medo!
Eu sinto medo!

Tinha tanto medo de sair da cama à noite pro banheiro
Medo de saber que não estava ali sozinho

Minha mãe me disse há tempo atrás
Onde você for alguém vai atrás
Alguém vê sempre tudo que cê faz
Mas eu não via ninguém
Achava assombração, mas...
Mas eu tinha medo!
Eu tinha medo!

Vacilava sempre a ficar nu lá no chuveiro, com vergonha
Com vergonha de saber que tinha alguém ali comigo
Vendo fazer tudo que se faz dentro dum banheiro
Vendo fazer tudo que se faz dentro dum banheiro

Para...nóia

Dedico esta canção:
Para Nóia!
Com amor e com medo (com amor e com medo)

3 Comments:

  • At 7:33 PM, Blogger Craudio said…

    Ai ai ai...

    Agora eu entendi porque levou bronca no sonho...

    Mas eu num dô bronca. Só que vc tem que me ligar pra eu ir te acalmar com a mão na cara. Aí desliga o butãozim da nóia.

     
  • At 10:39 AM, Blogger Mimi Genoino said…

    Vixe, paranóia contagia? É ler esta msg que a gente até escuta uns barulhos esquisitos...

    ah nao, é a Paulinha, fazendo suas necessidades...

    hahahahahahahahaha

     
  • At 9:44 PM, Blogger tatanca said…

    eita porra
    não gosto dessa história de ver o dia nascer

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home