evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

segunda-feira, dezembro 28, 2015

AS TUAS GLÓRIAS VÊM DO PASSADO

Sobre as recentes despedidas do São Paulo. Um post levemente escatológico.

1. Juvenal Juvêncio foi pro saco. De tão pau no cu, acabou morrendo de câncer na próstata.

2. Luís Fabiano... tão mercenário, tão pipoqueiro, parou de jogar na penúltima rodada pra "guardar na lembrança o jogo no Morumbi". Nem ligou que o último jogo era decisivo para conquistarmos uma vaga pra Libertadores. Do início ao fim um cagão mau caráter!

3. Rogério Ceni. Fui pro jogo de despedida que reuniu os campeões mundias de 1992/1993 e 2005. Fiquei embasbacada, nem desci pra pegar cerveja de tão emocionada em rever ídolos e um futebol bem jogado. Fazia tempo... um filme maravilhoso passou pela minha cabeça e eu lembrei cada jogo e cada pessoa que esteve comigo no solo sagrado do Morumbi. 

Bom, acontece que antes de subir pra arquibancada tive um piriri terrível. Enquanto brincava de rainha, ouvia os aplausos da entrada dos primeiros jogadores. Eu comemorava o alívio com alegria e suor. Aquela comunhão de almas! E enquanto liberava as "energias" pensei no Rogério! 

Rogério nos áureos tempos foi como aqueles banquetes fartos em qualidade e quantidade. Foram defesas incríveis, títulos sem fim. Mas também fez cada cagada... Nos colocou em cada arrepio de sufoco que vou te falar, viu! Então ficamos assim, obrigada pelo alimento, mas também será bom ficar livre de você. Atenção, não vale voltar, ein? Virou moda isso no SPFC agora.

Na verdade sempre fui mais o Zetti. O bom e velho feijão com arroz (e tomate, pra ficar tricolor), que libera aquele cocozinho coeso do dia-a-dia. Que não fede nem cheira, apenas cumpre o seu papel com discrição. Ninguém lembra dele nem de como foi feliz todas as vezes que ele esteve em campo.

Que merda!

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home