evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

sexta-feira, dezembro 26, 2014

APRENDI QUE AS MEMÓRIAS PODEM TER UMA PRESENÇA FÍSICA, QUASE VIVAS

Tem um monte de gente falando que 2014 foi péssimo, mas pra mim foi um dos melhores da vida! Aí vai a retrospectiva:


JANEIRO

 Um beijinho pra dar sorte no ano novo é tradição. Os pedidos mudam parcialmente, mas o básico tá sempre lá: que não falte saúde, amor, trabalho, vitórias do tricolor e sossego na alma.
No mais, foi escolher uma boa cor pra vestir, molhar a bunda no mar, olhar pro céu e pedir bênçãos aos astros pra que tudo corresse da melhor forma possível.
O ano letivo começou super cedo e a Copa das Copas deixou o clima agitado desde o 01/01.






 FEVEREIRO

Com o adiamento do carnaval deu tempo de bagunçar muuuuuito! Vários blocos de rua (sem chuva!) e aniversário do Lelus em ritmo de folia.
E uma garantia: família que bebe unida, permanece unida (ainda que distante).




MARÇO
Finalmente chegou o carnaval. Cometemos a loucura de sair nas duas escolas no mesmo dia. A exaustão deu lugar à euforia. Se o cansaço foi dobrado, também veio em dobro a alegria. Depois de muito ensaio, a sensação de dever cumprido: Peruche não caiu e Vila Maria voltou pro grupo especial.
Ah, deu tempo de correr até Atibaia e aproveitar o incrível carnaval que rola por lá!




ABRIL
Teve o eclipse total com direito a lua sangrenta. Só um avisinho que os caras lá em cima continuam encantando e provocando os daqui de baixo!






MAIO
Período de desespero pra completar o álbum de figurinhas da Copa e aquele clima de véspera de feriado que durou um mês. Ufa!









JUNHO

O mês dos pequeninos!

E chegou o mês que TEVE MUITA COPA! Geral calou a boca e se rendeu ao futebol. Eu aproveitei o calendário maluco e realizei um sonho: ir pra festa junina no nordeste e em junho! Salve Sergipe, um lugar mágico e meio esquecido do Brasil.

Vale relembrar: continuamos a única seleção pentacampeã, que foi lindo ver o país colorido e em festa e que foi da hora torcer com gente que jamais se junta em outros campeonatos e tomar contingentes gigantescos de cerveja por dias e dias consecutivos.

Na escola representamos a Costa Rica e assim como a seleção oficial não fizemos feio. Os maluquinhos dançaram lindamente, venceram o campeonato, além de aprendemos juntos um montão de coisas e desenvolvemos um amor enorme por essa lindeza de país.







JULHO

Despedida da Copa e da Fan Fest, um dos eventos mais maravilhosos que já participei. O mundo todinho dentro de um cercado no centrão de São Paulo! Coisa linda e emocionante!




AGOSTO

Motivos pra não gostar de ir a um casamento:
- Encontrar pessoas que não pretendia trombar
- Usar roupas que jamais usaria
- Precisar faltar em dia de trabalho


Motivos para gostar de ir a um casamento:
- Encontrar pessoas que não pretendia trombar
- Usar roupas que jamais usaria
- Precisar faltar em dia de trabalho

Critério de desempate:
- Ver um irmão MUITO feliz!!!



SETEMBRO

Mês de aniversário do Japito, de feriado e de Revelando São Paulo! Não tinha como não ser incrível!!









OUTUBRO
No mês das crianças e dos professores foi tempo de agradecer e receber reconhecimentos. Caíram no meu colo duas salas muito legais neste ano. Me mantiveram inspirada e criativa até nos momentos de desespero e cansaço extremo.





E também foi tempo de mandar uma Dilma neles!













NOVEMBRO

As aniversariantes de novembro tiveram diversão garantida com as pessoas necessárias e diversos drinks coloridos!  (um irmão e uma irmã fizeram falta!)











DEZEMBRO

Mês de celebrar o caçulinha, o tricolor e de esvaziar os armários preparando-se para os recomeços...

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home