evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

quarta-feira, janeiro 06, 2010

NÃO SÃO OS ANOS DE VIDA QUE CONTAM, MAS A VIDA QUE HÁ NOS ANOS

(Leia anOs no título, ok?!)
Superstições de ano novo.

Fazia MUITO tempo que não passava reveillon em SP e em casa.
Saudade do aconchego da casa das 7 mulheres (2 nunca estão).
2010 começou diferente, depois volto em dezembro pra ver o que mudou até o final.

A lua tava cheia e eu assustei o vizinho quando uivei. Moscas, vcs estavam comigo nessa hora.



Decidi 'romper' o ano com a camisa azul do tricolor.
A azul, porque eu só quero sossego esse ano. Nada de gente pegando pesado na minha.
Do São Paulo porque eu quero estar mais perto... com pé quente ou frio.
Ah, e pq foi presente do Japito, uma forma de estar perto-longe.







Sabedoria oriental... a energia vem por baixo... comece o ano com dinheiro no pé... kkkkkkk













Mas a sabedoria italiana da vó ensina que a dona da casa deve jogar dinheiro pra dentro e os convidados pegam... pro dinheiro ENTRAR em nossas vidas. Como sempre, tive que não só suar, mas sangrar pra conseguir minha parte.





Já que estava com as bruxas e em noite de lua cheia pq não jogar tarô?
Fiquei bem assustada com as previsões. Principalmente as da minha mãe:
"Momentos vão exigir coragem para prosseguir e uma reorganização da sua vida. Para tanto, você deve fazer uma LIMPEZA, eliminando tudo aquilo que não mais lhe serve."

Pronto, vai sobrar faxina pra mim nessas férias...




Se vou ter sorte no amor eu não sei, mas que ganhei TODOS os jogos do feriado, isso foi fato. Esse ano eu jogo na megasena da virada!

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home