evão do caminhão

nos momentos cruciais... estacione seus neurônios e acelere seus hormônios

terça-feira, abril 26, 2011

O FRACASSO AFETIVO É INVISÍVEL, MAS PALPÁVEL COMO A DOR

Sempre que preciso pesquisar algo sobre educação me deparo com uns blogs mega coloridinhos, com enfeites na flechinha, miguxismos mil, brilhos de tudo quanto é espécie e me espanto em ver o número gigantesco de seguidores e total de visitas. E... nada de útil a declarar!

Quero propor então um fim ao ensino para a felicidade.

Calma, não quero oferecer a depressão em favor da alegria, nem a briga no lugar do amor, mas pretendo levantar um ponto que vem me incomodando bastante.

Por que raios somos ensinados, desde que somos concebidos, que DEVEMOS ser felizes?

No mundo real não é assim que funciona. Dá uma olhada nos jornais e telejornais que escorrem sangue. Repara nos bilhetes e telefonemas ameaçadores que recebemos nas escolas por causa de briga besta entre alunos. Veja como não sabemos lidar com nosso sofrimento nem com o sofrimento que podemos causar aos outros... Somos milhões de egoístas batalhando cada um pela sua própria felicidade. Custe o que custar.

Não sei o que fazer, mas proponho um estudo sobre a EDUCAÇÃO PARA A TRISTEZA.

Dividiremos em módulos e buscaremos respostas sobre como lidar com a angústia, a inveja, a frustração, o ciúme, a raiva, o desejo não correspondido...

Acho que isso seria a punheta do século. "Conheça bem teu corpo para possa explorá-lo com tranquilidade."

Certamente o número de medicamentos seria reduzido, as tentativas de suicídio e assassinato idem. Drogas e álcool para consumo apenas benéficos, nada para 'esquecer o sofrimento'. As igrejas provavelmente iriam à falência.


"Que o mal nos modela, eis uma coisa que temos de aceitar."


Marcadores:

2 Comments:

  • At 8:03 AM, Blogger Bea Mar said…

    acho que uma educação para a realidade. e que nao descarte o lado emocional (partindo do princípio de que somos todos, professores e alunos, felizinhos!). tampouco que esfregue desgraças na cara, mas que lide com o lado mais feio do ser humano. cortella, frei betto entre outros, provavelmente, já sugerem isso.

     
  • At 8:04 AM, Blogger Bea Mar said…

    ops, tata, não bea mar

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home